Início Coluna Estética: conheça cinco mitos sobre queda de cabelo

Estética: conheça cinco mitos sobre queda de cabelo

por Redação CPAH

Por Dr. Gustavo Martins

Esteticamente falando, um dos assuntos mais pautados nas rodas de conversa é a famosa queda de cabelo. Porém, como tudo que envolve o corpo humano e suas reações, existem muitos mitos sobre esse problema. Muitos, inclusive, já foram tão mencionados que até parecem ser verdades absolutas.

“Frequentemente, temos ideias erradas sobre a queda de cabelo e suas causas. São tantos mitos que fica difícil separar o que é verdade e o que não”, lembra o Dr. Gustavo Martins, que é médico dermatologista graduado pela Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande Sul e especialista em tratamentos capilares e transplante capilar.

Pensando nisso, o profissional que também é cirurgião dermatológico com titulação pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, elaborou uma lista com os cinco principais mitos sobre o problema. Confira:

1- O cabelo cresce mais rápido se você cortá-lo

“O crescimento do cabelo ocorre na raiz, não nas pontas, então cortar as pontas do cabelo não afeta realmente os folículos que são responsáveis pelo crescimento do seu cabelo”, mencionou.

2- Lavar o cabelo diariamente faz com que ele caia mais

“Isso não apenas não é verdade, mas na verdade é completamente o oposto! Se sentir que seu cabelo fica oleoso todos os dias, é melhor lavá-lo para evitar que o excesso de sebo bloqueie seus folículos. O cabelo que cai quando você lava já estava prestes a cair de qualquer maneira. Essa queda capilar não tem nada a ver com seus hábitos de banho”, explicou.

3- Escovar o cabelo quando está molhado faz o cabelo cair

“O cabelo fica mais elástico quando molhado e também tem maior tendência a quebrar, o que significa que você sente que mais está caindo, quando na verdade está apenas quebrado. Se o seu cabelo está em processo de queda, a escovagem junta o cabelo que está prestes a cair de qualquer maneira. Por isso, na verdade, não causa queda de cabelo”, falou.

*4- A genética para a queda de cabelo vem apenas do lado materno da família*

“Embora a herança materna seja um pouco mais forte, a queda de cabelo androgenética pode ser herdada da família materna, paterna ou de ambos”, disse.

5- Homens carecas apresentam níveis elevados de testosterona

“A queda capilar é causada por uma maior sensibilidade dos folículos capilares em algumas partes do couro cabeludo ao DHT (dihidrotestosterona), em vez de níveis elevados de testosterona. O DHT faz com que os folículos capilares encolhem (miniaturizar) e eventualmente desapareçam. Se os níveis elevados de testosterona fossem o problema, então “todos” os pelos do corpo deveriam cair também”, finalizou.

*Sobre Dr. Gustavo*

Dr. Gustavo Martins é médico graduado pela Universidade Federal de Santa Maria-RS. É dermatologista e cirurgião dermatológico com títulação pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira. Há 12 anos atua na área de tricologia e transplante capilar, sendo um dos primeiros brasileiros a realizar a técnica FUE, na qual são retirados unidades foliculares. Possui mais de mil pacientes operados, com vasta experiência no ramo. Palestrou nos maiores congressos nacionais e internacionais sobre transplante capilar e tricologia. Possui dezenas de artigos científicos publicados em revistas renomadas.

Alguns destaques

Deixe um comentário

dezesseis − 9 =

Translate »