Início Coluna Novo estudo aponta redução de complicações da diabetes após a cirurgia bariátrica

Novo estudo aponta redução de complicações da diabetes após a cirurgia bariátrica

por Redação CPAH

Por Dr. Fabio Rodrigues

]A cirurgia bariátrica é a principal opção de tratamento para pessoas com obesidade mórbida que não conseguiram perder peso com mudanças de estilo de vida e outras terapias, ela ajuda a reduzir o peso e melhorar as condições de saúde relacionadas à obesidade, como diabetes e hipertensão.

De acordo com um novo estudo realizado por uma equipe de pesquisadores da Universidade de Michigan e publicado pela revista Diabetologia, a cirurgia bariátrica estende seus impactos positivos também às complicações resultantes do diabetes.

O estudo foi realizado com 79 indivíduos que foram submetidos à cirurgia bariátrica e acompanhados por um período de 2 anos, todos os participantes apresentavam obesidade classe 2 ou 3, após esse período, os dados obtidos indicaram uma melhora significativa na neuropatia periférica, enquanto a retinopatia e a neuropatia autonômica cardíaca mantiveram-se estáveis.

Os resultados também demonstraram uma melhora na maioria dos fatores de risco metabólicos, como a redução de peso, além disso, foi observado que a melhora nos níveis de glicose em jejum estava associada a uma melhora na retinopatia diabética – complicação ocular causada pelo excesso de glicose no sangue, que pode levar a uma perda significativa da visão se não tratada adequadamente.

De acordo com o cirurgião especializado em bariátrica, Dr. Fabio Rodrigues, o estudo reforça cientificamente os benefícios da cirurgia bariátrica não apenas no combate à obesidade, mas também a diversas doenças relacionadas.

Este estudo apenas ratifica o que já se conhece sobre os efeitos positivos da cirurgia bariátrica em pacientes com obesidade, em especial nas doenças que podem decorrer dela, não apenas a diabetes, mas também hipertensão, cânceres, doenças cardiovasculares, problemas renais e diversos outros, decorrendo da perdas peso e alteração no estilo de vida”.

No entanto, para obter todos esses benefícios é necessário realizar todo o processo,desde o início até a pós-bariátrica com uma equipe de profissionais qualificados com foco em uma abordagem multidisciplinar para evitar o ganho de peso após a cirurgia através de mudanças em todo o estilo de vida do paciente” Explica Dr. Fabio Rodrigues.

Sobre Dr. Fabio Rodrigues

Doutor Fábio Rodrigues é graduado em Medicina desde 2003, com especialização em cirurgia geral e bariátrica, além de pós-graduação em cirurgia minimamente invasiva. Atua como cirurgião da obesidade e das doenças metabólicas desde 2015 e já acumula mais de 1.500 cirurgias realizadas. Atualmente, além das cirurgias bariátricas, vem concentrando também seu foco na performance dos pacientes após a cirurgia. 

Alguns destaques

Deixe um comentário

16 + onze =

Translate »