Início Coluna Umbilicoplastia: Como procedimento ajuda a melhorar a estética do umbigo?

Umbilicoplastia: Como procedimento ajuda a melhorar a estética do umbigo?

por Redação CPAH

Por Dr. Bora Kostic

A umbilicoplastia é um procedimento estético integrado à abdominoplastia com o objetivo modificar a aparência do umbigo amenizando a cicatriz resultante da abdominoplastia, tornando-o mais harmonioso, existem diversas técnicas indicadas para realizar o procedimento, mas elas geralmente  envolvem a remoção do excesso de pele e/ou gordura ao redor do umbigo e readequação do umbigo.

A cirurgia foi alvo de um estudo chamado “Umbilicoplastia triangular com retalho dérmico”, publicado na revista Brazilian Journal of Plastic Surgery pelo especialista em cirurgia plástica, Dr. Bora Kostic, membros titulares da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, João Francisco do Valle, Luciano Vargas Schutz, Conrado Luiz e o residente de cirurgia plástica, Felipe Nascimento.

O estudo analisou 194 pacientes que realizaram a abdominoplastia e umbilicoplastia através da técnica triangular com retalho dérmico, utilizada pelos autores desde 2004, que consiste na realização de uma incisão triangular cercando o umbigo para remodelá-lo/ reposicioná-lo.

Os resultados do estudo apontam que o método utilizado permite um menor risco relativo e de estreitamento cicatricial em relação a técnicas circulares, além de proporcionar uma área segura de fixação do retalho, o que reduz a possibilidade de deiscência da sutura.

A técnica de umbilicoplastia triangular com retalho dérmico é versátil, fácil de ser executada e reproduzida, permite obter um tamanho e posição adequados, harmonia ao contorno corporal além de cicatrizes, que são o principal resultado indesejado da abdominoplastia, bastante discretas” Explica o Dr. Bora Kostic sobre os resultados do estudo.

Sobre Dr. Bora Kostic

Dr. Velibor Kostić, conhecido como Bora Kostić, se formou em Medicina na Universidade Federal de Belgrado, na Sérvia, chegando a servir na guerra de 1999. Especializou-se em Cirurgia Geral e em Cirurgia Plástica no Hospital Geral de Bonsucesso.

Fez estágio no Departamento de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Microcirurgia do Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Rio de Janeiro, revalidou o diploma de Medicina na Universidade Federal de Santa Catarina. Bora é membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e membro ativo da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e da Sociedade Americana de Cirurgia Estética.

Alguns destaques

Deixe um comentário

cinco × um =

Translate »