Início Coluna Pitiríase: saiba o que é e como doença afeta couro cabeludo

Pitiríase: saiba o que é e como doença afeta couro cabeludo

por Redação CPAH

Por Dr. Gustavo Martins

As doenças dermatológicas afetam, em sua maioria, o couro cabeludo, afinal, ele também é parte do nosso maior órgão, a pele.

De acordo com o médico dermatologista Gustavo Martins, na lista de doenças do couro cabeludo está a pitiríase, uma micose de origem fúngica.

“A pitiríase também é chamada de tínea capilar. Para quem não conhece, esse tipo de infecção causa coceira e descamação, além de queda temporária do cabelo, em alguns casos”, explicou.

Segundo o médico, os fungos causadores da pitiríase compõem a microbiota do couro cabeludo e são ativados devido a mudanças no pH da região, à sudorese em excesso e até mesmo ao estresse, entre outras razões.

Conforme o Ministério da Saúde, na pele, a pitiríase versicolor provoca muitas placas escamosas de cor escura, marrom, rosa ou branca no tronco, pescoço, abdômen e, ocasionalmente, no rosto.

Essas placas podem se juntar e formar placas maiores. As placas não ficam bronzeadas, então, no verão, quando a pele ao redor fica bronzeada, as placas ficam evidentes. As pessoas com pele escura natural podem notar placas mais claras. As pessoas com pele clara natural podem notar placas mais escuras ou mais claras. A pitiríase versicolor geralmente não causa outros sintomas.

Sobre Dr. Gustavo

Dr. Gustavo Martins é médico graduado pela Universidade Federal de Santa Maria-RS. É dermatologista e cirurgião dermatológico com titulação pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira. Há 12 anos atua na área de tricologia e transplante capilar, sendo um dos primeiros brasileiros a realizar a técnica FUE, na qual são retirados unidades foliculares. Possui mais de mil pacientes operados, com vasta experiência no ramo. Palestrou nos maiores congressos nacionais e internacionais sobre transplante capilar e tricologia. Possui dezenas de artigos científicos publicados em revistas renomadas.

Alguns destaques

Deixe um comentário

três × três =

Translate »