Início Coluna O Movimento fica normal depois de uma prótese de quadril? Especialista responde

O Movimento fica normal depois de uma prótese de quadril? Especialista responde

David Gusmão, especialista em quadril, explica dúvidas sobre prótese

por Redação CPAH

Por Dr. David Gusmão

A busca por uma melhor qualidade de vida muitas vezes leva pessoas a considerarem a substituição da articulação do quadril por uma prótese. No entanto, essas pessoas que sofrem com dores e problemas na região se perguntam: será que após a cirurgia, o movimento do quadril volta a ser como antes?

Segundo o ortopedista e especialista em quadril. Dr. David Gusmão, a maioria dos casos apresenta alguma restrição na amplitude do movimento após a cirurgia de prótese, “Isso ocorre porque a prótese, apesar de proporcionar grande melhoria na mobilidade, pode não permitir o mesmo nível de movimento de uma pessoa que nunca teve queixas de dor no quadril, como aquelas capazes de realizar exercícios avançados, como o espacate.

Ele explica que é importante compreender que a prótese não irá restaurar completamente a amplitude de movimento de uma articulação saudável. No entanto, ela oferece uma capacidade de movimentação muito próxima ao normal, o que resulta em um aumento substancial na qualidade de vida para os pacientes.

Gusmão destaca que a cirurgia de prótese de quadril é uma solução eficaz para aliviar a dor e restaurar a independência dos pacientes, “A maioria das pessoas que optam por essa cirurgia experimenta uma grande melhoria na qualidade de vida após a recuperação”, destaca.

O Dr. David Gusmão ressalta a importância de estabelecer expectativas realistas em relação ao movimento após a cirurgia. “A prótese é projetada para permitir que os pacientes retomem atividades do dia a dia, como caminhar, subir escadas e realizar tarefas domésticas, com muito mais conforto e sem dor. No entanto, para atividades mais extremas, pode haver algumas limitações”, acrescenta o especialista.

Ele finaliza afirmando que cada paciente é único, e a avaliação médica personalizada é fundamental para determinar as expectativas realistas e os resultados esperados após a cirurgia de prótese de quadril.

Sobre Dr. David Gusmão

Formado em Medicina pela PUC-RS, carrega no sangue a paixão e a tradição pela medicina e ortopedia. Membro de uma família com profissionais da área, cresceu acompanhando treinamentos. Acompanhou a primeira cirurgia de um paciente quando tinha 11 anos de idade. Após a graduação, fez a residência na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre e especialização em quadril em Curitiba, na Inglaterra (Oxford e Exeter – no Princess Elizabeth Orthopaedic Centre) e na Itália, (em Bologna – no Instituto Rizzoli). Dr. Gusmão também cursou parte do período acadêmico nos Estados Unidos, no Jackson Memorial Hospital e no Dorctor’s Hospital em Miami. Foi um dos primeiros brasileiros a fazer o treinamento em artroscopia de quadril e começar esse procedimento no Brasil imediatamente. Hoje é referência no assunto, e possui um o maior canal do tema onde orienta médicos e ajuda milhares de pessoas a compreenderem mais sobre as doenças e tratamentos disponíveis.

Alguns destaques

Deixe um comentário

11 − dois =

Translate »