Início Coluna Depressão e abuso de substâncias na pós-bariátrica. Especialista explica como evitá-la

Depressão e abuso de substâncias na pós-bariátrica. Especialista explica como evitá-la

por Redação CPAH

Por Dr. Fabio Rodrigues

A obesidade é um dos principais problemas da sociedade atualmente, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), atualmente mais de um bilhão de pessoas no mundo já são consideradas obesas e estima-se que até 2050 mais 167 milhões de pessoas entrem na lista.

Cirurgia bariátrica no tratamento de obesidade

Uma das principais ferramentas no tratamento da obesidade é a cirurgia bariátrica, existem diferentes tipos de cirurgias bariátricas, mas todas envolvem a redução do tamanho do estômago ou a alteração do sistema digestivo para reduzir a quantidade de alimentos que o corpo absorve, ela é recomendada para pessoas com índice de massa corporal (IMC) acima de 40 ou para aquelas com IMC acima de 35 e doenças relacionadas à obesidade, como diabetes tipo 2 e apneia do sono.

No entanto,apesar de importante, ela não é uma solução independente para o problema, após a cirurgia são necessários uma série de cuidados para que o paciente consiga manter o peso, mudar seu estilo de vida e evitar problemas comuns na pós-bariátrica, como depressão e abuso de substâncias.

Depressão e abuso de substâncias na após a cirurgia bariátrica

A saúde do paciente na pós-bariátrica foi analisada por um novo estudo chamado “Depressão pós-bariátrica e uso da alimentação adequada”, publicado pela Plataforma Sucupira, pelo médico especializado em cirurgia bariátrica, Dr. Fabio Rodrigues, em parceria com o Pós PhD em neurociências, Mestre em Psicologia,Dr. Fabiano de Abreu Agrela e a Médica Nutróloga, Patrícia Rosany de Sales.

Algumas pesquisas demonstram preocupação com a alteração nas características de personalidade dos pacientes, bem como mudanças de personalidade, desde avaliações pré-operatórias até pós operatórias. A grande maioria dos artigos pesquisados trazem à tona adições ao álcool e substâncias psicoativas, além de transtornos alimentares graves, como a anorexia e bulimia.” Afirma no estudo.

Ainda de acordo com o estudo, cerca de 17% dos pacientes apresenta alterações significativas em quadros de depressão e ansiedade depois da bariátrica, isso ocorre devido às alterações na anatomia do cérebro causadas pela própria obesidade e ao fim da chamada fase de “lua de mel”, quando o paciente recebe reforços positivos, o que gera sensações de vazio, ansiedade e depressão.

Apesar de comuns, os sintomas apresentados após a cirurgia bariátrica podem ser evitados com uma abordagem mais humanizada e focada no bem-estar do paciente.

Grande parte do problema, não só em relação à obesidade, mas também aos problemas apresentados na pós-bariátrica estão ligados a preconceitos e pressões sociais que formam um imaginário do que seria o ‘corpo ideal’, o que pode se refletir na relação entre o paciente e a comida, podendo gerar bulimia e anorexia”.

O paciente não está magicamente curado após a cirurgia, seu corpo mudou, mas sua mente também pede cuidados, por isso é necessário que ele seja informado corretamente antes da realização do procedimento, bem como contar com apoio multiprofissional após ele para garantir os resultados no longo prazo, esse foi nosso foco no estudo”.

Esse estudo faz parte do processo cirurgião-paciente, na minha equipe possuo diversos profissionais na pré e na pós-bariátrica, assim o paciente possui todo o apoio necessário para evitar qualquer problema após a cirurgia e consiga manter os resultados” Explica Dr. Fabio Rodrigues.

Sobre Dr. Fabio Rodrigues

Doutor Fábio Rodrigues é graduado em Medicina desde 2003, com especialização em cirurgia geral e bariátrica, além de pós-graduação em cirurgia minimamente invasiva. Atua como cirurgião da obesidade e das doenças metabólicas desde 2015 e já acumula mais de 1.500 cirurgias realizadas. Atualmente, além das cirurgias bariátricas, vem concentrando também seu foco na performance dos pacientes após a cirurgia.

Alguns destaques

Deixe um comentário

8 + seis =

Translate »