Início Coluna Mulher não consegue parar de emagrecer após bariátrica. Especialista explica o que pode ter acontecido

Mulher não consegue parar de emagrecer após bariátrica. Especialista explica o que pode ter acontecido

por Redação CPAH

Por Dr. Fabio Rodrigues

Tracey Hutchinson é uma mulher inglesa de 52 anos que chamou a atenção da internet nos últimos dias por não conseguir parar de perder peso após realizar uma cirurgia bariátrica, Tracey pesava 101 kg antes de realizar o procedimento, após a cirurgia pesava 66 kg, que seria o peso desejado, no entanto, ela continuou perdendo peso e atualmente está com 41 kg, ela se autodescreve como uma pessoa “pele e ossos”.

Tracey teve o pedido para a realização da bariátrica pelo sistema de saúde inglês negado, por isso recorreu à realização do procedimento na Turquia, onde a cirurgia é mais barata.

O que aconteceu para que ocorresse a perda excessiva de peso?

De acordo com o cirurgião especializado em bariátrica, Dr. Fabio Rodrigues, diversos fatores podem ter influenciado os resultados exagerados do procedimento.

O primeiro ponto que pode ter gerado esse problema é a técnica utilizada, como não sabemos exatamente o qual tipo de cirurgia foi realizada na Turquia, pode ter sido utilizado alguma técnica com abordagens metabólicas, que apesar de serem bastante seguras, podem em alguns casos causar quadros de desnutrição no paciente” Explica.

Para a realização do procedimento é necessário uma equipe multidisciplinar que analise o caso do paciente como um todo, inclusive o fator psicológico que parece muito presente no caso, por que a primeira cirurgia foi negada? Quais critérios a paciente não atendia para isso? Tanto essas questões, quanto o abalo emocional da mudança de sede da cirurgia podem tê-la afetado” Pontua.

Além disso, não se pode determinar previamente qual peso o paciente terá após o procedimento, isso é definido pela própria estrutura muscular do paciente, além de questões inerentes ao organismo de cada paciente, cada caso é um caso, algumas pessoas precisam refazer a cirurgia, já outras têm resultados maiores que os esperados, é preciso analisar casos individualmente” Afirma Dr. Fabio Rodrigues.

Sobre Dr. Fabio Rodrigues

Doutor Fábio Rodrigues é graduado em Medicina desde 2003, com especialização em cirurgia geral e bariátrica, além de pós-graduação em cirurgia minimamente invasiva. Atua como cirurgião da obesidade e das doenças metabólicas desde 2015 e já acumula mais de 1.500 cirurgias realizadas. Atualmente, além das cirurgias bariátricas, vem concentrando também seu foco na performance dos pacientes após a cirurgia. 

Alguns destaques

Deixe um comentário

6 − cinco =

Translate »