Início Coluna Ansiedade: Especialista alerta para os riscos de não controlá-la

Ansiedade: Especialista alerta para os riscos de não controlá-la

De acordo com o Médico Psiquiatra Dr. Flávio Henrique o tratamento da ansiedade deve ter uma abordagem empática

por Redação CPAH

Por Dr. Flávio H. Nascimento

A ansiedade é uma resposta natural do organismo diante de situações estressantes, mas quando é gerada em excesso pode se tornar um problema sério de saúde mental que tem se tornado cada vez mais comum na sociedade moderna.

De acordo com o Médico Psiquiatra Dr. Fábio H. Nascimento a ansiedade é um dos problemas mais comuns da atualidade.

Cada vez mais tenho atendido pacientes com quadros de ansiedade, muitas vezes que têm que realizar tratamentos quase vitalícios para a condição, o que, em alguns casos, pode ser evitado com um tratamento empático e direcionado”.

Como saber se tenho ansiedade?

Os principais sinais para identificar a ansiedade incluem preocupação excessiva, inquietação, irritabilidade, dificuldade de concentração, tensão muscular, distúrbios do sono e sintomas físicos como taquicardia, sudorese e tremores”.

A frequência e intensidade desses sintomas são importantes para distinguir entre ansiedade normal e transtorno de ansiedade. O diagnóstico é feito através de avaliação clínica, histórico e, em alguns casos, exames complementares, já o tratamento segue mesmo que a condição do paciente seja um transtorno específico de ansiedade” Explica Dr. Flávio H. Nascimento.

Se não controlar a ansiedade, quais os riscos à saúde?

Se a ansiedade não for adequadamente controlada, podem surgir diversos riscos tanto à saúde física quanto mental”.

A ansiedade não controlada pode desencadear sintomas emocionais, como depressão, irritabilidade, ataques de pânico e dificuldades em tomar decisões. O sono também pode ser afetado, gerando insônia e fadiga crônica. O funcionamento profissional e social pode ser prejudicado, levando a problemas de desempenho no trabalho, isolamento social e dificuldades nas relações interpessoais, por isso, o tratamento adequado é fundamental para evitar esses riscos à saúde” Explica Dr.  Flávio H. Nascimento.

Como o tratamento de ansiedade pode ajudar?

O tratamento adequado da ansiedade é fundamental para a recuperação dos pacientes. A terapia cognitivo-comportamental, por exemplo, é uma abordagem eficaz que ajuda a identificar e modificar padrões de pensamento disfuncionais e comportamentos mal adaptativos”.

Na minha abordagem comprovado com método científico busco entender o paciente para personalizar seu tratamento de forma a evitar a extensão desnecessária do acompanhamento, fazendo com que o os resultados sejam mais duradouros” Afirma Dr. Dr.  Flávio H. Nascimento.

Sobre Dr. Flávio H. Nascimento

Dr. Flávio Henrique é formado em medicina pela UFCG, com residência médica em psiquiatria pela UFPI e mais de 10 anos de experiência na área de psiquiatria. Diagnosticado com superdotação, tem 131 pontos de QI o que equivale a 98 de percentil e é membro do CPAH – Centro de Pesquisa e Análises Heráclito como pesquisador auxiliar.

Alguns destaques

Deixe um comentário

catorze − quatro =

Translate »