Início ColunaNeurociências Desafios de alunos profundamente superdotados (PG), com QIs 3 ou mais desvios padrão acima da média

Desafios de alunos profundamente superdotados (PG), com QIs 3 ou mais desvios padrão acima da média

Suas habilidades cognitivas excepcionais, embora notáveis, frequentemente vêm acompanhadas de desafios únicos que exigem atenção e compreensão.

por Redação CPAH

Alunos profundamente superdotados (PG), aqueles com pontuações de QI 3 ou mais desvios padrão acima da média, são verdadeiros outliers em nossos sistemas educacionais. Suas habilidades cognitivas excepcionais, embora notáveis, frequentemente vêm acompanhadas de desafios únicos que exigem atenção e compreensão.

Em salas de aula de habilidades mistas, onde a maioria dos alunos possui habilidades cognitivas médias, os alunos PG podem se destacar de maneira acentuada. Sua capacidade de aprendizado rápido, pensamento abstrato e busca insaciável por conhecimento podem levá-los a se sentirem isolados, frustrados e incompreendidos. A falta de desafios intelectuais adequados pode resultar em desinteresse, tédio e até mesmo em comportamentos disruptivos, como forma de expressar sua necessidade por estímulos mais complexos.

Além disso, as características socioemocionais dos alunos PG podem ser igualmente desafiadoras. A intensidade emocional, a sensibilidade aguçada, a busca por justiça e o questionamento existencial são traços comuns nesse grupo, que podem gerar dificuldades de relacionamento com colegas e professores. A falta de compreensão e apoio adequado pode levar a sentimentos de solidão, ansiedade e depressão.

É fundamental que educadores, pais e formuladores de políticas reconheçam a existência e as necessidades específicas dos alunos PG. A formação de professores para identificar e atender às necessidades desses alunos é crucial, assim como o desenvolvimento de currículos flexíveis e desafiadores que permitam que eles explorem seus interesses e desenvolvam todo o seu potencial.

Investir em programas de enriquecimento e aceleração, oferecer oportunidades de interação com outros alunos PG e fornecer apoio socioemocional individualizado são algumas das estratégias que podem fazer a diferença na vida desses alunos. Ao reconhecermos e valorizarmos suas habilidades excepcionais, podemos ajudá-los a superar os desafios e a trilhar um caminho de sucesso e realização pessoal.

Em última análise, o objetivo é garantir que cada aluno PG se sinta valorizado, compreendido e desafiado, para que possa desenvolver todo o seu potencial e contribuir para a sociedade de maneira significativa. Afinal, esses jovens mentes brilhantes são o futuro de nossa sociedade e merecem todo o nosso apoio e investimento.

Alguns destaques

Deixe um comentário

16 − 14 =

Translate »