Início Notícias Royal Society of Biology expressa desapontamento com o orçamento da primavera de 2024

Royal Society of Biology expressa desapontamento com o orçamento da primavera de 2024

por Redação CPAH
Créditos: FreePik

Na manhã de hoje, a chanceler do Reino Unido revelou o Orçamento da Primavera de 2024, delineando os planos de gastos governamentais para o próximo ano fiscal. A Royal Society of Biology (RSB) expressou sua decepção, destacando o não cumprimento da promessa governamental de alocar £20 bilhões para Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) no período de 2024-25.

Apesar de reconhecer positivamente o investimento de £45 milhões em pesquisa médica proposto no orçamento, a RSB frisou a necessidade de um reconhecimento e suporte mais amplos para as ciências da vida. Áreas como biotecnologia, agricultura e ciências vegetal e animal são essenciais no cenário de pesquisa e inovação, desempenhando um papel fundamental no enfrentamento dos desafios globais mais prementes de hoje.

A RSB, em sua representação do Orçamento da Primavera 2024, havia solicitado ao governo a definição de uma nova meta de investimento em P&D, alinhada com as nações líderes da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A falha em atender a essa solicitação é vista pela sociedade como uma oportunidade perdida pelo Reino Unido de reforçar seu status de superpotência científica.

Além disso, a RSB salientou que os investimentos em P&D não alcançarão seu potencial máximo sem incentivos complementares para apoiar a força de trabalho em pesquisa. Eles enfatizam a importância de enfrentar os desafios na educação e no desenvolvimento de habilidades, assim como promover a mobilidade e as colaborações internacionais para assegurar o florescimento e a contribuição do setor científico para o progresso econômico e benefícios sociais.

O orçamento inclui um apoio de £120 milhões para tecnologias verdes, como parques eólicos offshore, um movimento saudado pela RSB. Contudo, a sociedade alerta que esses esforços não devem ser minados por políticas de segurança energética que possam aumentar as emissões de gases de efeito estufa. A RSB exorta o governo a priorizar o enfrentamento da emergência climática e natural através de compromissos mais robustos.

Alguns destaques

Deixe um comentário

3 + oito =

Translate »