Início ColunaNeurociências Uso de corticóides e o atraso no desenvolvimento cognitivo

Uso de corticóides e o atraso no desenvolvimento cognitivo

Corticóides, ou corticosteroides, são medicamentos potentes que combatem a inflamação e suprimem o sistema imunológico. São análogos do cortisol, um hormônio natural produzido pelas glândulas suprarrenais.

por Dr. Fabiano de Abreu Agrela Rodrigues

O que são corticóides?

Corticóides, ou corticosteroides, são medicamentos potentes que combatem a inflamação e suprimem o sistema imunológico. São análogos do cortisol, um hormônio natural produzido pelas glândulas suprarrenais.

Relação com o atraso no desenvolvimento cognitivo

Estudos demonstram que o uso de corticóides em bebês e crianças pode, em alguns casos, estar associado ao atraso no desenvolvimento cognitivo. O risco aumenta com a dose, a duração do tratamento e a idade da criança.

Possíveis Mecanismos:

  • Interferência no desenvolvimento cerebral: Os corticóides podem interferir na migração neuronal, na formação de sinapses e no crescimento de dendritos, processos essenciais para o desenvolvimento cerebral.
  • Alterações no hipocampo: O hipocampo, uma região do cérebro crucial para a memória e o aprendizado, pode ser especialmente vulnerável aos efeitos dos corticóides.
  • Desregulação hormonal: Os corticóides podem desregular o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA), que controla o estresse e outros hormônios importantes para o desenvolvimento.

Importância do diagnóstico precoce:

O diagnóstico precoce e a intervenção adequada são essenciais para minimizar os efeitos do atraso no desenvolvimento cognitivo.

Prevenção:

  • Uso criterioso de corticóides: Os corticóides devem ser utilizados apenas quando estritamente necessário e na menor dose possível.
  • Acompanhamento médico: É fundamental que o bebê ou criança que esteja em tratamento com corticóides seja acompanhado por um médico para monitorar seu desenvolvimento.

Conclusão:

Embora os corticóides sejam medicamentos eficazes para diversas doenças, é importante estar ciente dos riscos potenciais do seu uso em bebês e crianças, especialmente em relação ao desenvolvimento cognitivo. O acompanhamento médico especializado é fundamental para garantir a segurança e o bem-estar da criança.

Referências:

Alguns destaques

Deixe um comentário

6 − três =

Translate »