Início ColunaNeurociências Ronco regular: Um sinal de alerta para a hipertensão

Ronco regular: Um sinal de alerta para a hipertensão

A pesquisa, conduzida por especialistas da Flinders University, utilizou tecnologias de monitoramento domiciliar noturno em mais de 12.000 participantes durante nove meses, tornando-o o maior estudo objetivo sobre o tema até o momento.

por

Um estudo recente publicado na revista Nature Digital Medicine revelou uma associação significativa entre o ronco regular e a hipertensão, especialmente em homens de meia-idade com excesso de peso. A pesquisa, conduzida por especialistas da Flinders University, utilizou tecnologias de monitoramento domiciliar noturno em mais de 12.000 participantes durante nove meses, tornando-o o maior estudo objetivo sobre o tema até o momento.

Os resultados indicaram que indivíduos que roncam por mais de 20% da noite têm maior probabilidade de apresentar pressão arterial elevada e hipertensão não controlada. O ronco regular quase dobrou o risco de hipertensão descontrolada e esse risco aumentou ainda mais em pessoas que também sofriam de apneia do sono.

Essa descoberta reforça a importância de considerar o ronco como um fator de risco para a hipertensão e destaca a necessidade de incluí-lo na avaliação clínica e no manejo de problemas relacionados ao sono. O estudo também sugere que intervenções terapêuticas direcionadas ao ronco podem ser eficazes na redução da pressão arterial e dos riscos associados à hipertensão.

Referência: Lechat, B., et al. (2024). Regular snoring is associated with uncontrolled hypertension. Nature Digital Medicine

Alguns destaques

Deixe um comentário

doze − 8 =

Translate »